Inscreva-se para o Desafio de Marketing Digital do Google

quinta-feira, 26 de março de 2015 | 18:00

Estão abertas as inscrições para a edição 2015 do Desafio Google de Marketing Online. Realizada pelo oitavo ano consecutivo, a competição é voltada para estudantes do ensino superior do mundo todo e fornece US$ 250 em anúncios do Google para todas as equipes inscritas.



Para participar, equipes de três a seis pessoas, com a supervisão de um professor, devem desenvolver e executar uma campanha publicitária on-line para uma empresa ou ONG usando o Google AdWords e o Google+.


Um grupo de funcionários do Google e um painel independente de acadêmicos selecionarão os vencedores de acordo com o sucesso de suas campanhas. Além da experiência, os alunos também concorrem a uma viagem de sete dias para São Francisco, incluindo um dia na sede do Google em Mountain View, Califórnia; dispositivos digitais para todos os vencedores globais e regionais em todas as categorias; visitas a escritórios locais do Google para os vencedores regionais e doações no valor total de US$ 15.000 para as ONGs.










Para a polonesa Agnieszka Żdanuk, membro do grupo vencedor na edição do ano passado, participar do Desafio foi um caminho importante para o crescimento fundamental. “O Desafio é super tradicional em nossa universidade, pois muito grupos já venceram, então percebemos que poderia nos abrir novas portas. Queríamos provar que através do pensamento criativo e precisão podíamos criar boas campanhas e alcançar um resultado excelente”, diz.


Os estudantes que desejam participar precisam de um professor para tutorá-los e as inscrições devem ser feitas até os dias 8 de abril (professores) e 22 de abril (estudantes). Informações, regras e inscrições podem ser feitas através do site do Desafio.

O Google AdWords brasil fará um hangout dia 1 de Abril às 16h para explicar sobre o desafia e tirar dúvidas. Participe!

Postado por Daniel Borges, gerente de atração de jovens talentos do Google para a América Latina

Políticas de anúncios: seja claro ao promover sua empresa, produtos e serviços

| 17:48

Marcadores


Nos dois primeiros posts da série sobre políticas de anúncios do Google AdWords, falamos sobre Requisitos Editoriais e Profissionais. Hoje vamos avançar um pouco mais e tratar de um tema que está relacionado a práticas proibidas, ou seja, ações que não podem ser realizadas por quem quiser anunciar conosco.

Não queremos que nossos usuários se sintam enganados pelos anúncios que oferecemos, por isso a política de Falsa representação de si mesmo, produto ou serviço deve ser respeitada pelos anunciantes. Dependendo do caso, podemos reprovar os anúncios, suspender o site ou até mesmo encerrar a conta. Mas o que essa política significa? Ela é dividida em quatro partes, que vamos explicar em detalhes. Confira:

1) Omissão de informações relevantes

  • Modelos de pagamento e despesas totais de qualquer serviço oferecido em um anúncio devem ser informados aos usuários. Exemplos: preço correto do produto ou serviço, custos de envio e informações claras sobre faturamento, taxas de juros, multas, custos recorrentes de assinaturas.
  • Serviços financeiros requerem cuidados ainda mais específicos. Não são permitidos, por exemplo, bancos que não exibem um endereço físico, empresas de empréstimos que não divulgam taxas de juros mensais ou valores de multa por atraso de pagamento, além de empresas de serviços financeiros que omitam detalhes relevantes sobre empréstimos de curto prazo. Confira aqui todos requisitos para anúncios de serviços financeiros.
  • Anúncios que solicitam doações para fins de caridade devem exibir na página de destino um número de isenção fiscal, enquanto anúncios que solicitam doações para fins políticos devem informar se elas são isentas de impostos.

2) Promoções não disponíveis

É extremamente frustrante para o usuário clicar em um anúncio que oferece uma promoção ou produto específico e, ao ser levado para o site, não encontrá-los na página de destino. Para evitar que isso aconteça, não permitimos que os anúncios promovam produtos que não estejam disponíveis em estoque ou pelo preço anunciado, nem ofertas que já tenham terminado.
Se você colocar no seu anúncio: “TVs a partir de R$ 1000”, os usuários precisam encontrar o produto com esse valor na página de destino. Não adianta querer inventar promoções para atrair mais visitantes, pois se ela não for comprovada, o anúncio será reprovado.

3) Promoções enganosas ou não realistas

  • Não faça afirmações falsas sobre sua identidade ou sobre suas qualificações. Se você é um estudante universitário de Direito, por exemplo, não se apresente como um advogado formado e licenciado.
  • Não sugira que você tem uma afiliação ou aprovação de uma organização se a informação não for verdadeira. Exemplo: anunciantes que imitam o layout e o design do site oficial de uma agência governamental.
  • Não faça alegações falsas sobre resultados improváveis com o intuito de atrair o usuário. Exemplos do que não pode ser usado:
a. Perca X quilos em Y dias: anúncios de suplementos alimentares, dietas, rotinas de exercícios etc.
b. Ganhe X reais em Y dias: anúncios de promessa de ganho rápido de dinheiro por meio de métodos obscuros (ganhar dinheiro sem sair em casa, trabalhar pela internet).
c. Curas milagrosas ou curas de doenças incuráveis: anúncios que prometem cura de doenças com chás naturais, cura do câncer etc.
d. Promessas permanentes: anúncios que afirmam que você pode se livrar da calvície para sempre, que não irá roncar nunca mais etc.

4) Promoções não confiáveis

Não esconda ou forneça informações falsas sobre sua empresa, produtos ou serviços. Você não deve, por exemplo, apresentar dados de contato falsos da sua empresa ou cobrar por produtos ou serviços que normalmente são oferecidos de graça. Sites de phishing, que roubam informações dos usuários, também se enquadram nessa política.
A violação dessa política é considerada falta grave e os anunciantes que forem considerados não confiáveis não poderão anunciar conosco novamente. Portanto, seja claro ao promover seus anúncios no AdWords.

Para saber como resolver esses casos e não ter problemas com anúncios ou sites reprovados, confira a sessão “O que você pode fazer” que está nesta página.

Para conversar com outros anunciantes ou tirar dúvidas sobre as políticas do AdWords, acesse a Comunidade do AdWords. Até o próximo mês!

Postado por Viviane Rozolen, especialista em políticas do AdWords.

Campanha #MobileMadness: Seu site já é compatível com dispositivos móveis?

quarta-feira, 18 de março de 2015 | 14:21

Marcadores , ,

Este artigo foi publicado originalmente no Blog Oficial do Google para Webmasters


Conforme anunciado no blog de Webmasters, a partir do dia 21 de abril a compatibilidade de um site com dispositivos móveis se tornará um fator de classificação nos resultados de buscas feitas no Google a partir desses dispositivos. O seu site passa no Teste de Compatibilidade com Dispositivos Móveis? Se a resposta é não, está na hora de começar a se preparar. 

Para ajudar tanto os webmasters como os donos de negócios a entender a importância de ter páginas otimizadas para mobile, além de mostrar quais são as ferramentas e documentação disponíveis para auxiliá-los nessa tarefa, a equipe de Search Quality e Webmaster Relations lançou hoje a campanha #MobileMadness, em parceria com o canal Google para Seu Negócio.

Ao longo de um mês, faremos Hangouts ao vivo para explicar o que consideramos ser uma boa experiência em mobile e quais os passos que devem ser tomados para garantir que o seu site providencie essa experiência aos usuários. Haverá ainda uma sessão de Q&A para tirar dúvidas sobre essa mudança no ranking, além de várias dicas e um desafio.


Agenda completa dos Hangouts

Dia 23/03 - Apresentação para PMEs: Otimize sua estratégia online e seu desempenho na busca. Como manter o foco nos canais corretos, introdução às Ferramentas do Google para Webmasters e SEO como estratégia de longo prazo

Série de quatro apresentações: Noções básicas de um site mobile para PMEs
15/04: Q&A: Sessão de perguntas e respostas sobre as mudanças no ranking para sites compatíveis com dispositivos móveis

Outros materiais 
  • Desafio: Torne seu site compatível com dispositivos móveis em 30 dias
  • Dicas para tornar seu site compatível com dispositivos móveis (#mobilefriendly)
  • Pesquisas todas as sextas-feiras
Pronto para fazer parte dessa mudança e oferecer uma experiência de navegação incrível para seus usuários em todos os tipos de dispositivos? Participe da campanha #MobileMadness!

Se tiver alguma questão específica sobre seu site mobile, visite o nosso Fórum de ajuda para Webmasters.

Postado por Diogo Botelhogerente do forum de Ajuda para Webmasters

Lançamento do App do AdWords no Android  

sexta-feira, 13 de março de 2015 | 09:58

Marcadores

Acompanhar suas campanhas ficou mais fácil
 
Hoje apresentamos o App do AdWords, uma maneira fácil de visualizar e gerenciar o desempenho dos seus anúncios indo de um lugar para outro.  Esse novo aplicativo para Android está disponível em todo o mundo para clientes existentes do Google AdWords.
 
Cada vez mais, empresas grandes e pequenas usam smartphones para gerenciar tudo, desde suporte ao cliente até pedidos de produtos e marketing. Agora é possível usar seu smartphone para gerenciar com tranquilidade a exibição das suas campanhas do Google AdWords, onde quer que seus negócios levem você. 
 
Como um complemento à sua conta para computador, com o aplicativo, você pode:
● Visualizar estatísticas da campanha
● Atualizar lances e orçamentos
● Receber alertas e notificações em tempo real
● Aplicar sugestões para melhorar suas campanhas
● Ligar para um especialista do Google



Faça o download do App do AdWords para Android
 
Tommy Sands, gerente sênior de pesquisa paga da Philly Marketing Labs, conta: "Com a possibilidade de analisar e realizar ações rapidamente nas minhas contas do Google AdWords quando só tenho meu dispositivo móvel, consigo gerenciar melhor e com mais eficiência minhas campanhas. É bom saber que estou a apenas alguns cliques das informações de que preciso, esteja eu onde estiver.”
 
Revisar (e fazer alterações) indo de um lugar para outro
 
Sempre que você abre o aplicativo, encontra uma visão geral dos seus cliques, custos e conversões. Para informações mais detalhadas, é possível visualizar as métricas por grupo de anúncios, dia da semana e dispositivo.
 
Alterações no desempenho das campanhas podem acontecer a qualquer momento. Agora você pode solucionar esses problemas rapidamente, mesmo quando está longe do escritório. Por exemplo, se você observar que sua campanha de melhor desempenho está usando todo o orçamento, pode fazer ajustes para não perder vendas em potencial. Você pode até mesmo pausar ou ativar uma campanha para uma promoção válida por um período específico.
 
Você também receberá sugestões personalizadas que poderá implementar imediatamente. Por exemplo, se houver uma oportunidade de conseguir mais impressões com o ajuste dos seus lances, você receberá um aviso para fazer a alteração no próprio aplicativo.


Fazer o download do aplicativo
 
Agora o App do AdWords está disponível para dispositivos que usam o Android 4.0 ou mais recente. Para começar, faça o download dele hoje mesmo na Google Play Store. Para mais informações, acesse nossa Central de Ajuda. Queremos receber seus comentários depois que você passar a levar o Google AdWords em todas as aventuras da sua empresa.
 
Postado por Geoff Menegay, gerente de produtos, Google AdWords
 

Apresentamos o Programa de Indicação do Google Apps

sexta-feira, 6 de março de 2015 | 10:04

Apresentamos o Programa de Indicação do Google Apps: compartilhe uma maneira melhor de trabalhar com seus clientes, amigos e colegas e ganhe um prêmio em dinheiro.

Quando descobrimos um restaurante, um filme ou um lugar incrível, imediatamente queremos recomendá-los a outras pessoas para que elas também possam aproveitá-lo. Com o trabalho não é diferente. Você encontra uma forma nova e melhor de fazer as coisas e logo quer compartilhá-la com os amigos, para facilitar a vida deles também. 

Usando o Google Apps, podemos acessar todos os nossos documentos em qualquer lugar e com qualquer dispositivo, além de colaborar com colegas e clientes em todo o mundo de maneira rápida e 100% segura. Isso é fantástico, e o melhor de tudo é que cria um ambiente colaborativo que muda a maneira de encarar e executar tarefas. É uma nova maneira de trabalhar em equipe. 

Pensando nisso, criamos o Programa de Indicação do Google Apps e estamos muito felizes em comunicar que ele já está disponível no Brasil. Com ele, é ainda mais fácil compartilhar o Google Apps com os seus amigos e mostrar como eles também podem usar essas ferramentas no trabalho. É simples participar: você faz suas indicações e, quando os usuários indicados se inscreverem para usar o Google Apps, você terá direito a um prêmio em dinheiro. Para cada pessoa que se cadastrar com base em sua recomendação, você vai receber uma quantia em reais equivalente a 15 dólares. Leia mais sobre o programa e ajude a divulgar as ferramentas que todos nós amamos. 

 Izabelle Macedo, Diretora de Marketing do Google for Work para América Latina

Impulsione o número de ligações recebidas com Campanhas Somente para Chamadas

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 | 19:06

As pessoas passam muito tempo on-line e envolvem-se com seu negócio de novas formas depois de verem seu anúncio. Com smartphones na mão, os consumidores procuram cada vez mais produtos ou serviços enquanto vão de um lugar para outro e ainda fazem uma ligação logo em seguida. De fato, 70% dos usuários que pesquisam em dispositivos móveis ligam para uma empresa diretamente dos resultados de pesquisa.[1]

Hoje, apresentamos as campanhas somente para chamadas, uma maneira nova e fácil para as empresas alcançarem clientes em potencial mostrando em destaque seu número de telefone, a descrição do negócio e o botão de chamada, exatamente onde as pessoas estão pesquisando.

Criadas exclusivamente para as empresas que valorizam mais as ligações do que os cliques do website

As campanhas só para chamadas foram criadas especialmente para ser exibidas apenas em dispositivos móveis que realizam ligações. Isso significa que cada clique que você paga pode ser uma ligação para sua empresa.

Lance apenas para ligações

Como todo clique resulta em uma ligação, você pode elaborar uma estratégia de lances com base especificamente na sua meta de CPA (custo por aquisição) ou no seu ROAS (retorno do investimento em publicidade) para ligações. Isso ajuda você a maximizar o valor de cada chamada para sua empresa.

"Nossos clientes estão cada vez mais ligando de dispositivos móveis para solicitar uma cotação de seguro. A grande vantagem dos anúncios só para chamadas é que eles nos permitem definir lances com base no valor de uma chamada. Assim, conseguimos atingir as metas de ROI (retorno do investimento) específicas que estipulamos para vendas por telefone."

Jason Johnson
Diretor de marketing da Clearlink Insurance

Personalize os anúncios focados em uma única call to action: ligações

Personalize seus anúncios para ligações com peças criativas como "fale com um especialista hoje" ou "ligue para marcar uma visita" para que as pessoas saibam que elas podem contatar facilmente sua empresa sem a necessidade de visitar seu site.

Para a BizLab, um varejista nacional de telecomunicações, a maioria das conversões acontece off-line por telefone. "Os novos anúncios só para chamadas aumentaram o volume de leads e as taxas de conversão segmentando dispositivos móveis com anúncios, como "ligue já", que estão simplesmente voltados para impulsionar ligações."

Catherine Wilson
Analista sênior de PPC da BizLab

Um grande provedor de acesso à Internet usa campanhas só para chamadas para conectar clientes de forma rápida e fácil com a equipe de vendas. "Com uma ligação como a única call to action, os anúncios só para chamadas melhoram a experiência de compra em dispositivos móveis, eliminando a etapa intermediária de visita ao nosso website. Esses anúncios fornecem uma maneira fácil para os consumidores adquirirem o produto que desejam ligando diretamente para nossa central de vendas. A melhor experiência do cliente associada a um aumento nas chamadas e vendas é vantajosa para consumidores e anunciantes."

Josh Leibner
Diretor de pesquisa paga na Red Ventures, parceiro de marketing para grandes empresas


Saiba mais

Se estiver usando a configuração de extensões de chamada para criar anúncios só para chamadas, você poderá encontrar mais informações sobre como fazer upgrade para campanhas só para chamadas na Central de Ajuda do Google AdWords. Se quiser debater com outros anunciantes sobre esse novo tipo de campanha acesse a Comunidade do AdWords.

Postado por Amit Agarwal, gerente de produtos do Google AdWords


*****************


[1] Google/Ipsos, The Role of Click to Call in the Path to Purchase (O papel do "clique para ligar" no caminho até a compra), setembro de 2013.

Políticas de anúncios: evite reprovações por causa de problemas com URLs

| 18:01

Marcadores

No final de janeiro publicamos nosso primeiro artigo da série sobre políticas de anúncios do Google AdWords. Hoje voltamos a falar de Requisitos Editoriais e Profissionais, mas vamos nos concentrar em políticas específicas que podem fazer com que seus anúncios sejam reprovados por causa de problemas com URLs de visualização ou de destino.

1) URL de visualização impreciso: o domínio da URL de visualização deve ser o mesmo domínio do site para onde os usuários são levados quando clicam no anúncio, mesmo após possíveis redirecionamentos. Na prática, isso significa:

  • Permitido: URL de visualização www.exemplo.com.br e URL de destino www.exemplo.com.br/google
  • NÃO permitido: URL de visualização www.exemplo.com.br e URL de destino www.google.com.br/exemplo

Essa regra também vale para palavras-chave, ou seja, se você incluir URLs de destino específicas no nível das palavras-chave, o domínio deve ser o mesmo da URL de visualização do anúncio.
Além disso, lembre-se de que a URL de visualização não deve conter “http://” ou caracteres não padrão (como !, *, #, @), e também não pode ser um endereço IP (como 123.45.678.90).

2) URL de destino não funciona: seus anúncios devem levar os usuários para páginas de destinos que funcionem perfeitamente, caso contrário eles serão reprovados. Dessa forma evitamos que você pague por cliques que não trarão nenhum resultado para sua campanha ou para seu negócio e direcionamos os usuários para páginas que realmente ofereçam conteúdo de qualidade. Lembre-se também de que os anúncios não podem direcionar os usuários para endereços de e-mail ou arquivos, eles devem sempre levar as pessoas para páginas web. Confira mais alguns detalhes:

  • Verifique se não há erros de digitação na URL de destino que você cadastrou na sua campanha.
  • Se a URL de destino cadastrada está correta, mas o anúncio foi reprovado mesmo assim, isso pode significar que a página não está funcionando. Não leve os usuários para sites em construção ou para páginas de erro que exibam código de status que comecem com 4 ou 5 (erro 404, por exemplo).
  • A página de destino dos seus anúncios deve funcionar o tempo todo, em todos os navegadores e dispositivos, e também em todos os locais (não apenas nas regiões para as quais o anúncio é segmentado). Mesmo que a página esteja carregando perfeitamente para você, não significa que aconteça o mesmo com todo mundo.
  • Se o seu site ficou fora do ar, mesmo durante um curto período, e a revisão do anúncio foi feita justamente naquele momento, ele será reprovado.

3) Código de resposta HTTP inválido: algum componente específico na sua página de destino (como JavaScript) pode causar erro e fazer com que o anúncio seja reprovado. A página de Ferramentas do Google para Webmasters pode te ajudar a encontrar esse erro. Depois de descobrir qual é o código HTTP inválido que sua página de destino apresenta, você pode conferir definições e dicas para corrigi-lo.
Se mesmo após acessar esses recursos você não conseguir identificar o problema na página de destino, é melhor entrar em contato com o seu webmaster ou com o provedor de hospedagem para receber ajuda.

4) Site de domínio reservado: sites que recebem essa classificação ainda não foram completamente desenvolvidos ou estão aguardando um novo proprietário. Contêm pouco ou nenhum conteúdo e exibem links e listas de publicidade. Geralmente eles reservam um endereço na web para que seja usado no futuro. Se os seus anúncios levam os usuários para uma página nessa situação, eles serão reprovados.

5) Mais de uma URL por grupo de anúncios: lembre-se de que cada grupo pode conter apenas um domínio de URL. Isso significa que, mesmo que os sites estejam funcionando corretamente, os anúncios serão reprovados se houver mais de um domínio no mesmo grupo.

É importante lembrar que essas políticas podem afetar tanto os anúncios quanto os websites. Se os anúncios forem reprovados por problemas com a URL, após fazer a correção é necessário apenas uma simples alteração no texto para que eles sejam revisados novamente. Já no caso da suspensão do site, é só pedir uma revisão por meio deste link assim que o problema for resolvido.

Para saber mais sobre as políticas, confira esta página. Para discutir com outros anunciantes ou tirar dúvidas sobre as políticas do AdWords, acesse a Comunidade do AdWords. No próximo mês abordaremos políticas relacionadas a falsa representação de si mesmo, de produto ou serviço. Até lá!

Postado por: Viviane Rozolen, especialista em Políticas do AdWords

Acompanhe URLs de forma mais rápida e fácil com os novos URLs atualizados

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 | 13:53

Marcadores ,


O gerenciamento de URLs ficou mais fácil


A conectividade constante aumentou as formas como as pessoas se envolvem com sua empresa. Isso significa mais dados e métricas para você usar no gerenciamento do desempenho dos anúncios. Por esse motivo, apresentamos os URLs atualizados, que fornecem uma maneira mais fácil e rápida de gerenciar e acompanhar informações importantes sobre cada clique nos seus anúncios do Google AdWords*.

Os URLs atualizados oferecem diversos benefícios para os anunciantes, incluindo:
  • Menos tempo de gerenciamento das atualizações de acompanhamento de URLs
  • Tempos de rastreamento e carregamento reduzidos no seu website
  • Novos parâmetros ValueTrack que ajudam a ter informações adicionais sobre seus anúncios. Saiba mais.
Johannes Lipka, gerente de produtos e soluções na eProfessional GmbH, disse: "Os URLs atualizados são uma das ferramentas que usamos no Google AdWords que mais economizam tempo. Eles possibilitam alterar, em um único lugar, os parâmetros de acompanhamento personalizados de um grupo de URLs sem redefinir as estatísticas dos anúncios. Planejamos fazer upgrade das contas dos nossos clientes para os URLs atualizados assim que possível."


URLs de destino hoje

Se você usa o acompanhamento de URLs atualmente, pode perceber que os URLs de destino são formados por dois componentes:

  1.  URL da página de destino: é o URL que os clientes visualizam no navegador quando acessam sua página de destino, depois de clicar no seu anúncio
  1. Acompanhamento: essa seção inclui informações como redirecionamentos a serviços de acompanhamento de terceiros, parâmetros ValueTrack ou IDs personalizados de peças criativas.
No exemplo abaixo, azul representa a página de destino, e verde representa as informações de acompanhamento.

www.example.com?creative=12345


Com os URLs de destino, sempre que você precisa ajustar o acompanhamento, é necessário atualizar o URL de destino inteiro. Isso aciona uma nova revisão dele, e a exibição dos seus anúncios é interrompida durante esse processo. Assim, você perde tempo e novos negócios em potencial.


O que muda com os URLs atualizados

Com os URLs atualizados, você pode inserir a parte da página de destino do seu URL e as informações de acompanhamento separadamente no Google AdWords. Agora, você tem a opção de atualizar suas informações de acompanhamento no seu grupo de anúncios, campanha ou conta sem a necessidade de redefinir as estatísticas do anúncio.

Vejamos como o URL de exemplo acima poderia ser criado usando os novos campos do URL atualizado.

"URL final" é onde você insere o URL da página de destino do seu website

A página de destino "www.example.com" agora é inserida no campo "URL final"

É nos modelos de acompanhamento que você insere as informações de acompanhamento e instrui o Google AdWords sobre como montar seus URLs. Agora, se você quiser aplicar as atualizações de acompanhamento a vários URLs, use um modelo de acompanhamento compartilhado no nível do grupo de anúncios, campanha ou conta. Se você preferir gerenciar as informações de acompanhamento de URLs no nível do URL individual, use um modelo de acompanhamento no nível do anúncio, palavra-chave ou sitelink.

No exemplo abaixo, usamos um modelo de acompanhamento no nível da conta para aplicar nossas informações de acompanhamento a todos os URLs na conta.

As informações de acompanhamento de todos os URLs da conta são inseridas no modelo de acompanhamento no nível da conta


Com os parâmetros personalizados você pode personalizar as informações que desejamonitorar, bem como os valores específicos que são inseridos nos URLs quando seus anúncios recebem cliques. Por exemplo, se você deseja inserir o valor "12345" sempre que um usuário clica em um anúncio específico, defina o parâmetro personalizado {_mycreative} neste anúncio.

Digite "_mycreative" no campo "Parâmetro personalizado" para inserir "12345" sempre que ocorrer um clique no anúncio

Novos URLs, novas informações

Como parte desse upgrade, você terá acesso a várias novas informações sobre os cliques nos seus anúncios.

Com os novos parâmetros ValueTrack, você poderá acompanhar informações adicionais sobre sua empresa. Por exemplo, se você deseja acompanhar quantos cliques sua peça criativa recebeu por local, use o novo parâmetro ValueTrack {loc_physical_ms}. Para usar os novos parâmetros ValueTrack da melhor maneira, configure-os no nível da conta para que você possa acompanhar esses valores em todos os URLs da sua conta. Conheça os novos parâmetros ValueTrack.


 
O parâmetro ValueTrack para local {location_physical_ms} está em verde no modelo de acompanhamento no nível da conta.


Próximas etapas

Implementaremos os URLs atualizados para todos os anunciantes a partir desta semana. Incentivamos que todos os anunciantes que usam acompanhamento nos seus URLs façam upgrade para o novo sistema até 1º de julho de 2015. A partir dessa data, os URLs começarão a ser atualizados para a nova estrutura.

Se você usa uma plataforma de acompanhamento para gerenciar seus URLs, recomendamos que a utilize para gerenciar essas alterações.

Para saber como começar a usar os URLs atualizados para seus novos URLs de anúncios, consulte nosso artigo na Central de Ajuda.

Postado por: Leo Sei, gerente de produtos do Google AdWords
___________________________________________________________________
*Quando mencionamos "anúncios", também nos referimos a outras opções de segmentação disponíveis para a Rede de Pesquisa, a Rede de Display e o Google Shopping.

Políticas de anúncios: você conhece todas elas?

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015 | 17:53

Marcadores


O AdWords permite que empresas de todos os tamanhos anunciem seus produtos e serviços na busca do Google e também em sites da nossa rede. Para que os usuários tenham uma experiência segura e positiva, os anunciantes devem seguir um conjunto de políticas ao criar suas campanhas e anúncios. Sabemos que, às vezes, surgem dúvidas em relação a algumas dessas regras e já publicamos alguns posts aqui no blog sobre esse assunto. A partir de hoje, começaremos a publicar artigos mensais para falar das políticas do Google AdWords.



Basicamente, nossas políticas abrangem quatro grandes áreas:

  • Conteúdo proibido: conteúdo que o anunciante não pode promover na Rede do Google
  • Práticas proibidas: ações que o anunciante não pode realizar se quiser criar campanhas no AdWords
  • Conteúdo restrito: conteúdo que pode ser anunciado, mas com algumas limitações
  • Editorial e técnico: padrões de qualidade para os anúncios e sites

Hoje vamos nos concentrar no último item e falar sobre alguns requisitos editoriais para anúncios de texto.

1) Uso de letras maiúsculas: não permitimos o uso excessivo de letras maiúsculas no texto do anúncio. Isso significa que você NÃO pode usar palavras ou frases inteiras em letras maiúsculas (Ex.: FRETE GRÁTIS ou COMPRE FLORES) ou mesmo letras maiúsculas no meio das palavras (Ex. FrEtE GrÁtIs ou CoMPre FLorES) sem um motivo concreto.

Há exceções para essa regra? Sim, veja os exemplos abaixo e entenda os casos em que você pode usar palavras e letras maiúsculas nos anúncios:
  • Marcas registradas ou nomes de produtos que são escritos com letras maiúsculas de forma consistente em todo o site, como “Google AdWords”.
  • Abreviações ou siglas de uso comum, como “DVD”, “SMS”, “TV LCD” ou “EUA”.
  • Códigos de cupons.

2) Pontuação e símbolos: o uso desnecessário de alguns sinais de pontuação e símbolos, com o propósito de chamar ou desviar a atenção dos usuários, não é permitido. Confira a lista abaixo e entenda o que NÃO pode existir nos anúncios:
  • Ponto de exclamação no título do anúncio e mais de um ponto de exclamação nas duas linhas do anúncio.
  • Pontuação ou símbolos repetidos (Ex.: Procurando apartamento???).
  • Uso não padrão de sobrescritos. No caso de ‘apartamento de 90m2’, por exemplo, o uso é padrão e está correto.
  • Símbolos não padrão (Ex.: <3) ou caracteres como asteriscos e linhas verticais (*** |||).
  • Símbolos, números ou letras que não correspondam ao seu verdadeiro significado. (Ex.: Economize muito $$$)

Aqui também há algumas exceções. Veja os exemplos do que é permitido:
  • Marcas registradas ou nomes de produtos que usam pontuação não padrão ou símbolos de forma consistente em todo o site.
  • Símbolos comumente usados, como * para indicar um hotel 5 estrelas (Hotel 5*).
  • Asteriscos ou sobrescritos exigidos legalmente para indicar que algumas condições são aplicadas.

3) Padrões profissionais: os textos dos anúncios precisam seguir as regras da língua portuguesa e não devem conter erros de gramática ou ortografia. Está em dúvida sobre o que mais não é permitido? Veja abaixo o que NÃO pode ser feito nos anúncios:
  • Os anúncios não podem conter frases de chamariz genéricas como ‘Clique aqui’.
  • Não use espaçamento incorreto entre as palavras e frases apenas para chamar a atenção dos usuários. (Ex.: Super O f e r t a)
  • Os anúncios não devem conter repetição de palavras ou frases. (Ex.: Descontos, Descontos, Descontos)
  • Não é permitido usar o campo da URL como uma linha de texto adicional.

Vamos às exceções? Veja o que é permitido:
  • Erros de gramática, ortografia, pontuação e espaçamento são permitidos nos anúncios de texto se forem referentes a marcas registradas e nomes de produtos exibidos de maneira consistente em todo o site.

Todas essas regras são simples e, se você segui-las, não enfrentará problemas para veicular suas campanhas. Se algum dos anúncios da sua conta tiver sido reprovado por não respeitar as políticas que mencionamos aqui, é só editá-lo e deixá-lo em conformidade com as regras para que ele seja revisado novamente.

Se você quer saber tudo sobre os Requisitos Editoriais e Profissionais para anúncios do AdWords, confira esta página. Caso tenha dúvidas e queira conversar com outros anunciantes acesse nossa Página de Políticas da Comunidade Oficial do AdWords. No próximo mês falaremos sobre erros nos sites e páginas de destino que podem causar a reprovação dos anúncios.

Até a próxima!

Postado por: Viviane Rozolen, especialista em Políticas do AdWords