#PapoAdWords Entrevista com Dr. E-commerce Parte 1

sexta-feira, 29 de agosto de 2014 | 11:12

O nosso Papo AdWords de hoje é a respeito de uma realidade que só cresce a cada dia no Brasil: o e-commerce ou comércio eletrônico. Para falarmos sobre esse tema convidamos o "Dr. E-commerce", que é formado em Marketing, palestrante, consultor e especialista em comércio eletrônico.  Ele está à frente do projeto "Dr. E-commerce" . É líder do Comitê de E-commerce da APADi (Associação Paulista das Agências Digitais), do Guia de E-commerce e também diretor de Desenvolvimento Tecnológico na ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico). Confira a entrevista feita com o Dr. E-commerce: 

1. Dr. E-commerce, como você enxerga o atual momento do e-commerce no Brasil e para onde estamos caminhando? 


O e-commerce vem ganhando cada vez mais espaço entre as opções de compra para o cotidiano dos consumidores brasileiros. As pessoas estão adquirindo mais confiança nas lojas virtuais, o que aumenta a procura por elas. As facilidades oferecidas pelo e-commerce, como a comodidade de comprar sem sair de casa, a rapidez e a ausência de filas ou outras complicações rotineiras das lojas físicas, também representam um fator decisivo na escolha dos usuários.

Em relação ao futuro das empresas virtuais, tenho convicção de que este avanço se prolongue ainda mais. Apesar do crescimento, as vendas no e-commerce ainda representam uma parcela bem pequena (cerca de 2%) do total das vendas a varejo, o que tende a aumentar nos próximos anos, também pelo avanço da tecnologia. Alguns estudos já apontaram que este índice se elevará para ¼ das vendas totais.
As inovações não param de surgir e quem deseja aumentar a lucratividade e a produtividade do negócio precisa estar atento a todas elas. Fuja dos padrões, estabeleça uma comunicação inovadora com seu público-alvo, trabalhe a usabilidade de seu site, atenda seus clientes de forma particular e personalizada (disponibilizando, inclusive, mais de um canal de comunicação entre eles e sua empresa), invista em clareza nas informações disponíveis a respeito dos produtos e das políticas de sua loja, produza e/ou disponibilize vídeos relevantes para o seu segmento e trabalhe com conteúdo, sempre. Estamos vivendo a era da informação, portanto é um dever de qualquer empreendedor priorizá-la em seu negócio. O resultado é garantido!

2. Qual a importância da presença no mundo online para um PME através de uma plataforma de e-commerce?

Em primeiro lugar, investir em uma plataforma de e-commerce é uma forma de garantir a sobrevivência de sua empresa no mercado do futuro. A internet faz parte do cotidiano das pessoas e está transformando sua maneira de consumir, portanto a marca que almeja sucesso e resultados positivos precisa estar preparada para atender às exigências dos consumidores que, hoje em dia, estão se familiarizando ainda mais com o e-commerce.

Outro ponto fundamental nesse aspecto é saber se comunicar efetivamente com este público. Muitas pequenas e médias empresas estão ajustando suas políticas para divulgar campanhas atrativas e conquistar clientes no mercado online, pois já se sabe que estas estratégias são imprescindíveis no contexto atual em que estamos inseridos.

3. Pensando nos PMEs, que atividades e responsabilidades envolve a gestão de um e-commerce?

Muitas pessoas acreditam que, por se localizar na internet, a administração de um e-commerce é muito mais simples do que a de uma loja física. Porém, a realidade é bastante diferente: cuidar de uma loja virtual requer trabalho, dedicação e pode ser uma tarefa ainda mais trabalhosa do que tocar um comércio tradicional.


- O primeiro ponto a ser considerado na gestão de um e-commerce é o planejamento do negócio: é preciso definir mercado, orçamento, cronograma, aspectos do projeto, expectativas e resultados, entre outras questões.
- Após a execução de um bom planejamento, ou seja, adequado aos valores e às necessidades da empresa, chega o momento de cuidar dos sistemas e das integrações, definindo a plataforma, as ferramentas de ERP etc.
- Em seguida, é importante cuidar da formação da equipe: definir a estrutura, as matrizes de deveres e responsabilidades, entre outras questões que dependem muito do tamanho do projeto.
- Definir estratégias de comunicação social também é um passo muito relevante. Configurar layouts, interfaces, funcionalidades e administrar a mídia interna são tarefas que farão toda a diferença na “apresentação” de seu e-commerce ao usuário.
- Agora é hora de cuidar do conteúdo. Dedique-se a construir tais elementos com criatividade e imprima os diferenciais de sua marca, destacando-a das semelhantes. Alguns dos fatores que precisam ser elaborados são: ofertas, cadastro e categorização de produtos, descrições, ferramentas de SEO, políticas de privacidade, troca e devolução, entre outros.
- A questão da logística é fundamental, pois é neste momento que se deve mostrar a ética e o compromisso da empresa com seus clientes. Portanto, vale a pena investir em fornecedores confiáveis, eficiência na gestão de estoque, administração da tabela de frete e controle adequado do fluxo de pedidos.
- Em relação aos pagamentos, todo cuidado é pouco. Administre o fluxo adequadamente, elabore regras, estabeleça as condições e ferramentas mais adequadas ao seu tipo de negócio e trabalhe sua política com atenção aos detalhes.
- Os selos e certificados de segurança também são importantes para garantir a credibilidade perante o consumidor. É preciso regulamentar os cadastros e trabalhar o processo de atendimento antes de iniciar as operações da loja.
- O último passo (mas não menos importante!) a ser trabalhado é o marketing. É preciso divulgar o e-commerce, estimulando as pessoas a conhecerem e a realizarem compras. Pense em diferentes canais de vendas, foque em métricas, esteja ativo nas redes sociais e trabalhe sempre com um plano de evolução.
Estas tarefas (sim, todas elas!) fazem parte do dia a dia da gestão de um e-commerce (é claro que em diferentes proporções, porém quem administra uma loja virtual precisa ter em mente que o trabalho é diversificado e a rotina, bastante movimentada). Para “não deixar a peteca cair”, vale a pena contar com o auxílio de uma equipe de profissionais capacitados, fornecedores confiáveis e estruturas adequadas. Tudo depende, também, da estrutura e dos objetivos de cada negócio.

4. Quais são as maiores barreiras e dificuldades enfrentadas pelos PMEs? 

Quando resolvem abrir seu negócio, os PMEs podem encontrar alguns obstáculos pelo caminho, como acesso à informação de qualidade e, principalmente, confiabilidade sobre o assunto. Outro ponto que pode interferir no desempenho da empresa é a falta de bagagem, que neste caso se relaciona à experiência e vivência na área - quando se fala de vivência, também é importante pensar na vivência como empresário, já que o e-commerce não deixa de ser uma empresa e, como se sabe, é tão complexo quanto um negócio físico.

Outro fator que pode influenciar de maneira relevante neste processo é a manifestação da cultura brasileira, pois temos o hábito de “sair fazendo” sem ter as mínimas noções do que gostaríamos de fazer, além de deixarmos o planejamento em segundo plano - quando deveria ser a primeira coisa definida em um projeto de negócio, para que não se desperdice tempo, energia e, principalmente, orçamento.
Existe, também, a falta de incentivo por parte de alguns públicos, apesar de algumas instituições se envolverem para ajudar no processo (porém, esta discussão não cabe no assunto).
É claro que nenhum dos pontos comentados aqui impedem que se siga em frente. Eles são apenas algumas etapas adicionais do processo, que pode ser mais simples do que parece. Além disso, existem muitos profissionais que podem ajudar - e muito - nesta fase.

5. E o que fazer quando os recursos financeiros são limitados para manter a operação de um e-commerce?

O primeiro ponto (e o mais pragmático deste caso) é avaliar se o negócio terá retorno financeiro. Como empreendedor, é preciso ter esse tipo de “frieza” de decisão, parando antes que se tenha prejuízo.

Outra alternativa é rever todo o plano financeiro do projeto, analisando-o para perceber se não existe nenhuma linha de custo que está mal definida ou planejada indevidamente, tentando, ao máximo, otimizar seus investimentos.
É preciso, porém, ter cautela neste processo: nunca tire dinheiro de pontos elementares e essenciais para o sucesso do negócio, como investimentos em marketing, aquisição de boas ofertas ou qualquer outro elemento que, se estiver faltando, poderá atrapalhar a qualidade dos serviços e da empresa de modo geral.
Outro caminho possível é adquirir recursos financeiros através de bancos e outras instituições, mas é necessário calcular todos os processos internos para observar se isto não aumentaria dívidas ou causaria problemas no futuro.
Existe, também, a alternativa de procurar por soluções mais acessíveis, possibilidade que já existe no mercado atual, que, por sua vez, cresce a cada dia mais.



Postado por Equipe Por Dentro do AdWords

Seus anúncios da lista de produtos estão prontos para o dia 31 de agosto?

segunda-feira, 25 de agosto de 2014 | 19:22

Marcadores , , ,

No início do mês, apresentamos uma ferramenta de upgrade para que os anunciantes fizessem o upgrade para as campanhas do Shopping com rapidez e facilidade. Se você já fez o upgrade, não precisa fazer mais nada. Se você ainda não fez o upgrade e não o fizer até o fim do mês, veja a seguir o que acontecerá com suas campanhas normais de anúncios da lista de produtos em setembro.


  • Etapa 1: funcionalidade limitada para todas as campanhas normais de anúncios da lista de produtos - A partir de 2 de setembro, você não poderá mais editar a segmentação de seus produtos, o limite de lances de CPC, textos promocionais e URLs de destino. Ainda será possível editar os status e os orçamentos da campanha, assim você poderá gerenciar seus gastos até que seja feito o upgrade automático de suas campanhas normais de anúncios da lista de produtos para campanhas do Shopping.



  • Etapa 2: upgrade automático para campanhas do Shopping - Ao longo do mês de setembro, será feito o upgrade das campanhas normais de anúncios da lista de produtos que receberam impressões durante as semanas anteriores para uma nova campanha do Shopping com uma estrutura de campanha semelhante. Algumas campanhas normais de anúncios da lista de produtos, configurações e lances poderão não ser transferidos para a nova campanha do Shopping devido a limitações técnicas. Após o upgrade automático de suas campanhas normais de anúncios da lista de produtos, você receberá uma notificação por e-mail, e suas campanhas normais da lista de produtos deixarão de veicular anúncios da lista de produtos. Veja mais detalhes sobre o upgrade automático na Central de Ajuda do Google AdWords.


Não espere para fazer o upgrade

Lembre-se de fazer o upgrade de suas campanhas antes de setembro para garantir que sejam configuradas como você deseja. Recomendamos a utilização da ferramenta de upgrade, que explica o processo de upgrade passo a passo.

Para mais informações, consulte este artigo da Central Ajuda sobre a suspensão do uso das campanhas normais de anúncios da lista de produtos e o upgrade automático para campanhas do Shopping. Em caso de dúvidas, consulte o Fórum da Comunidade do Google AdWords ou entre em contato conosco.


Publicado por Eric Tholomé, Diretor de Gerenciamento de Produtos, Google Shopping

Rede de pesquisa com exibição em Display: o que acontecerá em 16 de setembro de 2014

sexta-feira, 15 de agosto de 2014 | 11:39


No início deste ano, compartilhamos algumas medidas que anunciantes como a WordStream e a Elmo Talent Software têm tomado para conseguir melhores resultados com o novo tipo de campanha Rede de pesquisa com exibição em Display do Google AdWords. Desde então, mais de 300.000 campanhas foram atualizadas para esse novo tipo de campanha.

Lembre-se: a partir de 16 de setembro de 2014, todas as campanhas do tipo "Redes de pesquisa e Display" serão atualizadas automaticamente para o novo tipo "Rede de pesquisa com exibição em Display", que apresenta um melhor desempenho. Incentivamos os anunciantes a fazer upgrade até 16 de setembro para configurarem as campanhas de acordo com suas preferências. Se você não fizer isso, o sistema do Google AdWords fará upgrade automaticamente. As campanhas "Apenas na rede de Pesquisa" e "Apenas na rede de display" não serão afetadas.

Se você está exibindo uma campanha "Redes de Pesquisa e Display", faça upgrade agora mesmo com apenas um clique e consiga melhores resultados imediatamente.

Três motivos para fazer upgrade agora mesmo:

●        Melhor desempenho: os anunciantes que fizeram upgrade para campanhas "Rede de pesquisa com exibição em Display" tiveram, em média, um aumento de 35% na taxa de cliques e uma redução de 35% no custo por compra do cliente para anúncios exibidos na parte da Rede de Display dedicada ao tipo de campanha "Rede de pesquisa com exibição em Display".* Os resultados variam com base na sua campanha.
●        Mais fácil de gerenciar: gerencie a campanha da mesma maneira que uma campanha comum da rede de pesquisa. Configurações como palavras-chave e lances serão usadas automaticamente para encontrar clientes na Rede de Display. Isso significa que não é necessário realizar ações adicionais.
●        Capacidade de personalização com base no desempenho desejado para as campanhas: quando você fizer upgrade, poderá receber menos cliques e impressões. Porém, eles provavelmente serão de pessoas que estão prontas para fazer uma compra no seu negócio. Caso seja importante para suas metas de publicidade manter seus níveis atuais de cliques, crie também uma nova campanha "Apenas na rede de display". Com isso, é possível incorporar as configurações e opções de segmentação da sua campanha original a fim de manter seus níveis de cliques.

Estamos aqui para ajudar
Queremos que você tenha sucesso com o Google AdWords. Fale conosco se você quiser ajuda para fazer upgrade para o tipo de campanha "Rede de pesquisa com exibição em Display". Para mais detalhes, dicas e recursos sobre como ter sucesso com o Google AdWords, acesse nossa Central de Ajuda.

*Com base nos resultados dos testes iniciais, um cliente comum pode ter uma taxa de cliques 35% mais alta e um CPA 35% mais baixo na parte da Rede de Display das suas novas campanhas na Rede de pesquisa com exibição em Display, em comparação com as campanhas existentes nas Redes de Pesquisa e Display. Com base nos resultados dos testes iniciais, um cliente comum também pode ter de 10 a 15% de conversões incrementais em comparação com as campanhas "Apenas na rede de Pesquisa". O desempenho de campanhas individuais pode variar.

Ahmad Anvari, gerente de produtos da Rede de Display do Google

#PapoAdWords Google Meu Negócio com Giovanna

terça-feira, 12 de agosto de 2014 | 11:23

Marcadores ,

Estamos de volta com o #PapoAdWords, onde iremos entrevistar profissionais de marketing digital que utilizam as soluções de publicidade do Google para falar sobre diversos temas que impactam a sua presença no mundo online. O nosso bate papo de hoje é a respeito de uma novidade global. Recentemente, o Google lançou no Brasil e em mais 200 outros países uma plataforma para ajudar as pequenas e média empresas a iniciar ou expandir sua presença online: o Google Meu Negócio.

Para falarmos sobre esse tema, convidei a Giovanna, que é formada em Publicidade pela ESPM e Gerente de Projetos para PMEs na equipe de Marketing do Google há quase 3 anos e meio. Ela foi uma das responsáveis pelo lançamento do Google Meu Negócio no Brasil e hoje vai nos contar mais detalhes a respeito desta novidade. Confiram a entrevista feita com a Giovanna:

1. Giovanna, por que o Google resolveu lançar o Google Meu Negócio?

Muitos pequenos e médios empresários (PMEs) sentem dificuldades para incluir suas empresas nas plataformas digitais e assim iniciar sua atividade online. Acham difícil, trabalhoso, pensam que é caro ou que precisam contratar alguém para cuidar por eles. E em uma realidade em que pelo menos 7 em cada 10 usuários pesquisam online antes de adquirir um produto ou serviço, é imprescindível que as empresas sejam encontradas no Google.

Por isso, nosso objetivo com o lançamento do Google Meu Negócio é facilitar a rotina dos PMEs ao ajudá-los a gerenciar sua presença online através de uma ferramenta simples e ao garantir que eles sejam encontrados por potenciais clientes sem que precisem pagar por isso.

2. Afinal, o que é o Google Meu Negócio?

O Google Meu Negócio é uma solução gratuita que unifica as diversas opções do Google para ajudar o seu negócio a se destacar online e para gerenciar sua presença online no Google. Através dele, o PME pode garantir que seu negócio esteja aparecendo no Google Maps e na Pesquisa do Google, além de administrar sua página no Google+ e engajar os clientes atuais com a sua marca.

Como a ideia é simplificar a vida do PME para que ele use o Google Meu Negócio como o centro do gerenciamento da sua presença online, algumas soluções já conhecidas estão migrando para o Google Meu Negócio. Se você já usou o Google Places para empresas ou o painel de Páginas do Google+ para gerenciar as informações da sua empresa, sua conta recebeu um upgrade automático para o Google Meu Negócio.

3. E quem pode usar a ferramenta?

Todos, desde os pequenos até os grandes empresários. Mas o foco é mais para PMEs por ser uma ferramenta voltada para facilitar o gerenciamento de pessoas que não possuem muito tempo disponível.

É importante lembrar que o Google Meu Negócio é indicado tanto para aqueles que desejam iniciar a presença online do negócio gratuitamente quanto para aqueles que desejam complementar a atual estratégia online (sites, redes sociais) e obter ainda mais destaque para o negócio através das plataformas do Google.

Outro detalhe importante: a ferramenta atende às necessidades tanto de empresas locais quanto empresas que não desejam direcionar os clientes para um endereço físico, como e-commerces, marcas, artistas, prestadores de serviços, etc.

4. Como se inicia a utilização da ferramenta?

São basicamente 3 passos, que o PME completa em cerca de 10 minutos:

1) Informe qual é a sua empresa: localize sua empresa no mapa. Se ela ainda não estiver lá, adicione-a gratuitamente;

2) Confirme que estamos falando com a pessoa certa: Não deixaríamos que qualquer pessoa gerenciasse suas informações comerciais. Entraremos em contato com você por telefone ou enviaremos um cartão postal para confirmar que você é mesmo você. Caso você tenha adicionado manualmente sua empresa no mapa, a única opção disponível para receber o código de verificação é através de cartão postal. Se você localizou sua empresa no mapa e a listagem já contemplava o número de telefone correto do seu negócio, você pode optar por solicitar o código de verificação através de uma ligação automatíca. Neste caso, o usuário recebe o código instantaneamente;

3) Ajude os clientes a entrar em contato e engaje-os com a sua marca: Forneça as informações corretas da sua empresa, inclusive o número de telefone, endereço, horário de funcionamento e complemente sua página no Google+.

5. Quais são as vantagens de usar a ferramenta?

É uma ferramenta gratuita e de fácil gestão que também pode ser gerenciada via App nas plataformas Android e iOS. Portanto o PME tem toda a facilidade do Google na palma da mão e pode acompanhar o desempenho da sua empresa no Google de onde quer que ele esteja.
Como comentei, o principal benefício para o PME é que através do Google Meu Negócio, a empresa poderá ser encontrada no Google (Pesquisa do Google, Google Maps e Google+).
Quando falamos sobre a página da empresa no Google+, o PME pode explorar uma série de recursos que farão toda a diferença para que ele se conecte com os seus clientes, por exemplo:

- Iniciar uma conversa ou uma videoconferência via Hangouts;
- Postar fotos e vídeos e responder aos comentários e revisões de seus clientes;
- Possibilidade de investir em anúncios patrocinados para promover sua página. Se um usuário nunca teve uma conta no AdWords, o Google Meu Negócio irá oferecer um crédito promocional para que ele faça um teste;
- Acompanhar informações estatísticas sobre como os usuários interagem com as informações comerciais confirmadas no Google. É possível ver dados sobre a visibilidade (visualizações, cliques e rotas de direção), envolvimento (gráfico de ações, postagens recentes), e também público-alvo (com informações sobre sexo e idade dos seguidores, por exemplo).

6. Quais dicas você gostaria de reforçar para quem utilizar a ferramenta?

Assegure-se de solicitar o código de verificação por cartão postal ou telefone. As informações referentes ao negócio como a descrição do que você faz ou vende, seu endereço, horário de funcionamento e o telefone não podem faltar. No Google+, construa um canal de relacionamento com os seus clientes, inserindo conteúdo escrito, com fotos ou vídeos e também respondendo às críticas e sugestões dos seus clientes. Fazendo isso, você ajudará a criar uma verdadeira rede de recomendações e sem dúvida conquistará muitos novos clientes.

7. Caso o PME tenha dúvidas, há algum tipo de suporte para o Google Meu Negócio?

Sim, há um suporte gratuito através do 0800 709 466, além da Central de Ajuda do Google Meu Negócio. Confira o Hangout "Entenda o que é e como utilizar o Google Meu Negócio" com a participação especial da Giovanna no dia 15/07/2014.

Postado por Equipe Por Dentro do AdWords

Nova ferramenta de upgrade para campanhas do Shopping

segunda-feira, 11 de agosto de 2014 | 17:11

Marcadores , , , ,



Estamos na reta final. No final de agosto, as campanhas regulares de Anúncio da lista de produtos (PLA, na sigla em inglês) serão removidas e substituídas por campanhas do Shopping.A maioria já começou a fazer o upgrade para campanhas do Shopping, mas se você é um dos poucos que ainda não o fizeram, estamos introduzindo uma nova ferramenta de upgrade que ajudará você a fazer isso com alguns cliques.

Essa ferramenta cria uma campanha do Shopping a partir de sua campanha regular de PLA, com uma estrutura de campanha e lances baseados na sua campanha regular de PLA e nos dados históricos de desempenho.


Se você ainda não começou seu upgrade, o encorajamos a testar essa ferramenta como ponto de partida para suas campanhas do Shopping. Certifique-se de verificar os orçamentos, as configurações e os lances de sua campanha para que sejam personalizados de acordo com as necessidades de seu negócio.

Observe que nem todas as campanhas são compatíveis com essa ferramenta de upgrade.Se, por exemplo, você usar rótulos ou agrupamentos do AdWords na segmentação de seu produto ou filtros de inventário, você deve atualizar seu feed de dados com rótulos personalizados antes de usar a ferramenta de upgrade, a menos que esteja satisfeito em usar outro atributo para subdividir seu inventário no AdWords diretamente.

Você pode usar a ferramenta de upgrade, e verificar quais de suas campanhas estão qualificadas, na guia "Configurações" de suas campanhas existentes de Anúncios da lista de produtos. Saiba mais na central de ajuda.

Estamos aqui para ajudar

Queremos garantir que você tenha feito o upgrade conscientemente e esteja pronto para as férias. Junte-se a nós para um Hangout on Air Aprenda com o Google em 12 de agosto, às 14h00 (horário de Brasília), para conhecer a nova ferramenta de upgrade.Se você tiver alguma dúvida, consulte o Fórum da Comunidade AdWords ou entre em contato conosco.


Publicado por Eric Tholomé, Diretor de Gerenciamento de Produtos, Google Shopping

Gerencie Campanhas do Shopping com uploads em massa e o AdWords Editor

terça-feira, 15 de julho de 2014 | 15:51

Marcadores , , ,

A menos de oito semanas do término do uso das campanhas normais de anúncios da lista de produtos, observamos mais de 85% dos comerciantes que fizeram o upgrade das Campanhas de Shopping tirando proveito dos novos recursos e métricas como os lances de referência. Anunciantes que fizeram upgrade, como Farfetch, LiBoutique e ValuePetSupplies, vêm conseguindo bons resultados com a interface voltada para o varejo, os relatórios em nível de item e os dados de referência competitivos.

Para quem fez upgrade, temos o prazer de apresentar duas novas ferramentas que facilitam o gerenciamento de campanhas e, especificamente, a otimização de lances.

  • Uploads em massa: agora é possível fazer o download de relatórios de grupos de produtos, editar lances e URLs de destino e importar suas alterações usando uploads em massa.
  • AdWords Editor: atendemos às sugestões dos usuários, e com a nova versão do AdWords Editor, é possível editar seus lances e URLs de destino para produtos específicos em escala.Observe que o AdWords Editor não suporta a criação de Campanhas do Shopping ou grupos de produtos. Você ainda precisará criar suas campanhas e subdividir seus grupos de produtos diretamente no Google AdWords.
Se você ainda não fez upgrade para as Campanhas do Shopping, recomendamos que comece, pois o uso das campanhas normais de anúncios da lista de produtos será suspenso ao fim de agosto.

Se você usa uma agência ou plataforma externa, entre em contato com os responsáveis para solicitar ajuda com a criação de sua Campanha do Shopping. Se você não usa, aqui estão alguns recursos para ajudá-lo a começar:

Postado por Eric Tholomé, Diretor de Gerenciamento de Produtos, Google Shopping

Aumente sua visibilidade com o Google Meu Negócio

quarta-feira, 11 de junho de 2014 | 18:13

Marcadores

Existe algo em comum no coração de todos os negócios: os clientes. Os clientes são a razão pela qual as empresas crescem, e a paixão que essas empresas compartilham com seus clientes ao se dedicarem todos os dias a um determinado produto ou serviço é o que torna um negócio realmente gratificante. Para muitos empresários, os clientes são mais do que só clientes - eles são seus frequentadores, seus defensores e seus amigos. Em outras palavras, são o seu público.

A Internet conecta mais e mais empresas com seus clientes a cada dia. No entanto, os nossos usuários dizem que encontrar esses clientes fiéis pode ser complexo e demorado. Nós acreditamos que não deve ser assim. É por isso que estamos felizes em apresentar o Google Meu Negócio - uma maneira gratuita e fácil de encontrar e se conectar com o seu público.

 

O Google Meu Negócio reúne todas as maneiras como o Google pode ajudar a sua empresa, em um só lugar: 

 ● Atualize as informações do seu negócio na Pesquisa, no Maps e no Google+ de forma centralizada, para facilitar que seus clientes entrem em contato com você;

Adicione fotos de sua empresa e ajude os clientes a conhecer melhor os diferenciais do seu negócio;

Conecte-se diretamente com seus fãs e clientes através do compartilhamento de notícias, eventos e outras atualizações importantes em sua página no Google+;

Fique por dentro dos comentários dos seus clientes e responda ao feedback deles como proprietário da empresa;

Entenda como as pessoas encontram e interagem com o seu negócio usando informações personalizadas;

Gerencie suas informações de qualquer lugar com o aplicativo Google Meu Negócio para Android e para iOS (que será lançado em breve).

Enquanto usuários novos dão os primeiros passos com o Google Meu Negócio, estamos fazendo o upgrade de usuários atuais do Places para empresas e do Painel do Google+ para esta nova experiência.

Para saber mais sobre como se conectar com os seus clientes através do Google Meu Negócio, visite google.com.br/meunegocio e faça um teste.

Postado por Dan Pritchett e Dennis Troper

Segunda edição do Quiz da Comunidade do AdWords

| 17:13


Na próxima sexta-feira, dia 13 de Julho, a Comunidade do AdWords lança mais uma ação para comemorar o aniversário de 1 ano dos Hangouts Soluções do Google para o seu Negócio. Trata-se do 2º Quiz da Comunidade do AdWords.

Parecido com a 1ª edição do Quiz a ação tem como objetivo o aprendizado e o maior engajamento do público com a Comunidade.

Em comemoração ao aniversário, as perguntas foram baseadas nas dúvidas mais frequentes e nos Hangouts de mais sucesso neste 1 ano de história.

Confira o regulamento completo e saiba quais serão os prêmios para os ganhadores.

Não perca a oportunidade de testar os seus conhecimentos, aprender e ainda ser reconhecido por isso.

Postado por Rafael da Equipe Por Dentro do AdWords

Nova e aprimorada Content API for Shopping

sexta-feira, 6 de junho de 2014 | 17:27

Marcadores , , ,

Há alguns anos, introduzimos a Google Content API for Shopping para ajudar você a gerenciar e atualizar as informações de seus produtos de forma programática e na escala necessária. Hoje, anunciamos uma nova versão da API que oferece mais informações sobre a qualidade de dados e novas opções para ajudar você a manter seus dados atualizados.

Alguns exemplos do que você pode fazer com a nova versão:

  • Receber informações de qualidade de dados em nível de item e verificar se um item foi reprovado porque o URL da página de destino não funciona em dispositivos móveis ou se os identificadores exclusivos de produtos estão incorretos.
  • Atualizar o preço e a disponibilidade de um ou mais itens mais rapidamente, para que o cliente veja a faixa de preços mais recente e saiba o que está em estoque antes de clicar no link para seu site.
  • Integrar-se ao Google Shopping com mais facilidade graças à mais ampla gama de linguagens de programação e formatos de dados suportados.


A API atual estará disponível até o fim de fevereiro de 2015, mas recomendamos aos usuários que adotem a última versão da API e tirem proveito dos novos recursos assim que possível.

Para saber mais, visite a central da Content API for Shopping. Em caso de dúvidas, visite o fórum de suporte da Content API for Shopping.

Postado por Eric Tholomé, Diretor de Produtos, Google Shopping


Concurso Craque em AdWords - Curso Primeiros Passos

quarta-feira, 28 de maio de 2014 | 15:47


Devido ao grande sucesso da primeira edição do Curso de Primeiros Passos a equipe da Comunidade do AdWords decidiu iniciar uma nova etapa de treinamentos online durante as próximas quatro semanas.
Dessa vez foi lançado um desafio paralelo ao curso: um Concurso com perguntas sobre AdWords para incentivar o aprendizado e também premiar os anunciantes com maior pontuação.

O objetivo do Concurso Craque em AdWords é incentivar o aprendizado na ferramenta, além de testar o conhecimento dos anunciantes nos conceitos apresentados no curso. A cada aula serão lançadas cinco perguntas de múltipla escolha relacionadas ao tema. As perguntas ficarão disponíveis para resposta durante 24 horas. Para concorrer aos prêmios, o anunciante deverá responder a todas as perguntas das quatro aulas dentro do prazo estipulado.

Confira a programação:

- #Aula1 - Quarta-feira, 28 de maio de 2014, às 16h;
- #Aula2 - Quarta-feira, 04 de junho de 2014, às 16h;
- #Aula3 - Quarta-feira, 11 de junho de 2014, às 16h;
- #Aula4 - Quarta-feira, 18 de junho de 2014, às 16h.

Aproveite essa o oportunidade para aprender, testar seus conhecimentos e ainda concorrer a kits de prêmios do Google. Confira o Regulamento completo do Concurso.

Postado por José Júnior Equipe AdWords Brasil