Posted:

Para criar e gerenciar suas campanhas de vídeo TrueView, você precisa acessar uma seção especial no Google AdWords, não é? Você tem que mudar de seção sempre que quiser gerar um relatório e otimizar todas as suas campanhas. Além disso, ainda não é possível aproveitar as ferramentas de edição em massa do Google AdWords para suas campanhas de vídeo, certo? Nós temos uma boa notícia para você: os tempos difíceis acabaram! Agora as campanhas TrueView estão junto às campanhas da Rede de Pesquisa, da Rede de Display e do Shopping, na interface principal do Google AdWords.



Com a simplicidade de uma única interface e uma experiência mais consistente, ficou mais fácil otimizar todos os tipos de campanha no Google AdWords. Você também pode aproveitar as eficientes ferramentas de gerenciamento em massa para economizar tempo e esforços ao trabalhar com várias campanhas TrueView. Além disso, agora que todos os tipos de campanha compartilham a mesma estrutura, podemos oferecer novos recursos para vídeo de forma mais rápida do que nunca.

Siga-nos e mostraremos como tudo funciona...

No canto superior esquerdo, você encontra o seletor de tipo de campanha. Ele é útil para exibir apenas campanhas de um determinado tipo. Por exemplo, se você selecionar "Vídeo", exibiremos suas campanhas de forma semelhante à visualização do AdWords para vídeo. Dessa forma, você verá apenas as guias e colunas mais relevantes para o gerenciamento de campanhas de vídeo. O melhor de tudo é que salvamos suas preferências de colunas sempre que você alterna entre as visualizações. Assim, você não precisa configurá-las novamente toda vez que alternar entre tipos de campanha.



Seletor de tipo de campanha

Também estamos substituindo grupos de segmentação por grupos de anúncios, que são os elementos fundamentais das campanhas da Rede de Pesquisa, da Rede de Display e do Shopping. Agora, todos os grupos de anúncios terão um único formato TrueView, sejam in-stream ou in-display. Embora cada grupo de anúncios tenha apenas um formato, as campanhas podem ter vários grupos de anúncios, então você ainda pode exibir anúncios in-stream e in-display na mesma campanha. Para criar uma nova campanha, basta clicar no botão +CAMPANHA e no novo tipo de campanha de vídeo. Em seguida, crie novos grupos de anúncios em cada campanha clicando em +GRUPO DE ANÚNCIOS.


Criação de grupos de anúncios.

Agora que o TrueView juntou-se ao Google AdWords, é possível acessar uma infinidade de vantagens projetadas para ajudar você a gerenciar, otimizar e gerar relatórios sobre as contas que incluem muitas campanhas. Por exemplo, com a edição em massa na interface do usuário, você pode modificar informações de várias campanhas ao mesmo tempo diretamente na interface do usuário. Além disso, com os uploads em massa, é possível fazer o download de um resumo das suas campanhas, realizar alterações em massa e fazer o upload delas para sua conta. A programação de relatório possibilita que você programe a execução automática dos relatórios e o envio regular deles para os e-mails dos usuários da conta.



 Edição em Massa
Os relatórios das campanhas de vídeo também estão mais eficientes, pois agora você pode filtrar os resultados para isolar métricas como nome da campanha, rótulo, custo e conversões.



 Filtros

Você também verá recursos de vídeo bem conhecidos em lugares familiares no Google AdWords. Por exemplo, o remarketing de vídeo agora está na biblioteca compartilhada do Google AdWords, e a vinculação à conta do YouTube está na seção Contas vinculadas. Além disso, você poderá ver dados de análise sobre seus anúncios em vídeo na nova guia "Vídeos" e gerenciar sua segmentação na guia "Segmentação de vídeo".






 Criação de listas de remarketing

Não importa se sua meta é estabelecer sua marca, aumentar a resposta direta ou qualquer outra, pois agora você tem uma ferramenta unificada para lidar com todas as metas de marketing. A partir de hoje, você pode fazer upgrade das suas campanhas para a nova estrutura de grupos de anúncios e deixar para trás os dias em que era complicado acessar "Todas as campanhas de vídeo" para gerenciar suas campanhas TrueView. Para fazer upgrade, acesse o AdWords para vídeo clicando em Todas as campanhas de vídeo (só mais uma vez, para relembrar os velhos tempos) e acesse a Central de upgrade para transferir facilmente todas as suas campanhas de uma só vez. Não se preocupe. Todas as suas estatísticas do histórico e segmentações acompanharão as campanhas. Basta exibir a visualização no nível da campanha para vê-las. Se você prefere não fazer upgrade das suas campanhas sozinho, mas deseja aproveitar esses novos recursos de vídeo, não tem problema. Nós faremos upgrade automático das suas campanhas em seis semanas.

 Se você é do tipo de pessoa que prefere vídeos (nós com certeza somos!), confira aqui todo o conteúdo desta postagem do blog em forma de vídeo:




Publicado pela Equipe do AdWords para vídeo: Lane Shackleton, gerente de produtos do grupo Ammar Ibrahim, gerente de produto Avi Fein, gerente de produto

Posted:
Buscamos constantemente maneiras de fornecer informações precisas e relevantes à medida que os compradores procuram, comparam e fazem suas pesquisas e consultas. Ao mesmo tempo, queremos ajudar você a diferenciar seus produtos e a se destacar no Google.
O texto promocional, uma mensagem opcional adicionada aos grupos de anúncios no Google AdWords, fazia parte de nossos primeiros esforços para essas ações. Como notamos que muitos de vocês utilizam o texto promocional para destacar ofertas especiais ou envios grátis, hoje estamos muito contentes de apresentar uma nova extensão automática para anúncios do Shopping (PLAs).
Extensão automática para anúncios do Shopping
As extensões automáticas do Shopping são exibidas juntamente com seus anúncios de compras (PLAs) sem esforço ou custo adicionais. Elas utilizam as informações existentes fornecidas em suas configurações do Merchant Center e os feeds de dados para mostrar automaticamente aos compradores informações sobre envios grátis e quedas de preços de modo consistente e amigável.
Descontinuação do texto promocional
Segundo resultados iniciais, constatamos que os compradores preferem essa nova extensão automática em vez do texto promocional. Os anunciantes também estão conseguindo melhores taxas de cliques. Por isso, descontinuaremos o texto promocional no final de setembro de 2015 e começaremos a implantar as extensões automáticas com mais frequência.
Nenhuma ação será necessária para aqueles que utilizam o texto promocional. Seus anúncios não serão afetados e continuarão a alcançar os compradores que pesquisam no Google. Você também pode encontrar mais informações sobre extensões automáticas em nossa Central de Ajuda.

Postado por Tom Beyer, Gerente de Produto, Google Shopping


Posted:
No ano passado, lançamos poderosas ferramentas de relatório e de gerenciamento de campanhas, como Informações do leilão, para fornecer mais visibilidade no leilão e na classificação para o Google Shopping. Hoje damos um passo à frente e temos orgulho de apresentar um pacote de estratégias de lances para as campanhas do Google Shopping. Elas ajudarão você a ir além dos lances máximos de CPC manuais no campo da otimização contextual e de lances dinâmicos:
Maximizar cliques
Caso você queira capturar o máximo de tráfego possível dentro de seu orçamento, esta é a melhor estratégia de lances para você. "Maximizar cliques" ajusta automaticamente seus lances e é uma ótima maneira de promover ofertas em seu website ou na loja com anúncios de inventário local.
Mario Märzinger, Vice President Marketing Pago da home24, diz: “Estamos extremamente contentes com a capacidade de maximizar cliques para entregar mais tráfego com economias de custo significativas. Ao testar essa estratégia de lances em uma de nossas principais linhas de produtos, recebemos 7% de cliques a mais com 13% menos CPC no primeiro mês de teste".
CPC otimizado
Se você quer gerenciar seus próprios lances ou usar uma plataforma de lances de terceiros, o CPC otimizado é sua escolha ideal. Ele otimiza seus lances em tempo real para que você consiga mais conversões ou vendas por um custo praticamente igual. Temos visto os anunciantes conseguirem 7% mais conversões pelo mesmo custo com eCPC.1
Radhika Aggarwal, cofundadora e Diretora de Negócios do Shopclues.com, diz: “Gerenciamos nossos lances o máximo que podemos e, ao usar o CPC otimizado, conseguimos otimizar nossos lances com base no contexto do usuário e nas dinâmicas de leilão. O lance em tempo real do CPC otimizado ajudou o ShopClues a aumentar nosso ROI e elevar bastante nosso desempenho.”
ROAS desejado
Se você não tem tempo para gerenciar seus lances manualmente e depende de receita, deixe o retorno do investimento em publicidade (ROAS) desejado fazer o trabalho pesado. Com este recurso, você escolhe o ROAS desejado e ele dará lances dinamicamente para que os produtos que gerem mais receita recebam os lances mais altos.
No momento, há um ROAS desejado beta disponível para vários varejistas. Se tiver interesse em participar desta versão beta e ser um dos primeiros a adotar o método, preencha este formulário de solicitação.
Estamos bastante animados com essas soluções de lances automáticos para o Google Shopping. Continuaremos a explorar e investir em outras maneiras de ajudar você a ser mais eficiente e eficaz com lances e gerenciamento de campanhas. Para mais informações sobre estratégias de lances, consulte a Central de Ajuda do Google AdWords.
Postado por Dimitris Meretakis, Gerente de Produtos, Google Shopping
1 Dados internos do Google Shopping, agosto de 2015.

Posted:
As pessoas recorrem aos seus celulares bilhões de vezes por dia nos momentos em que querem saber alguma coisa, ir para algum lugar, fazer algo ou comprar algum produto ou serviço. Nesses momentos cheios de intenção, geralmente eles consultam aplicativos para atender às suas necessidades. Amantes de corrida podem procurar um aplicativo de "registro de percurso" quando começarem a treinar para uma maratona, amantes de comida podem procurar aplicativos de "restaurantes" para encontrar os lugares mais famosos da cidade e usuários que viajam de avião com frequência podem pesquisar os "principais jogos" antes de um voo longo. Na verdade, a pesquisa é um dos principais impulsionadores de instalações de aplicativos na Google Play Store[1]. 

Por isso, estamos investindo em novas formas de ajudar as pessoas a descobrir aplicativos com anúncios da Rede de Pesquisa no Google Play e inovando as tecnologias para simplificar o gerenciamento de campanhas e melhorar a avaliação para desenvolvedores.

Eles chegaram: anúncios da Rede de Pesquisa no Google Play

Os anúncios da Rede de Pesquisa no Google Play começam a ser lançados hoje para todos os anunciantes e desenvolvedores que usam campanhas de instalação do aplicativo na Rede de Pesquisa no Google AdWords. 



O Google Play alcança mais de 1 bilhão de pessoas em dispositivos Android em mais de 190 países. Com um alcance tão grande, os anúncios da Rede de Pesquisa no Google Play podem proporcionar aos consumidores novas maneiras de descobrir aplicativos que eles não encontrariam de outra forma e ajudar desenvolvedores a aumentar o conhecimento de seus aplicativos. Os clientes Booking.com e Nordeus já informaram que expandirão as campanhas existentes com anúncios no Google Play.



Acompanhamento de conversões aprimorado para Android

À medida que expandimos as oportunidades de promoção de aplicativos para os desenvolvedores, também nos comprometemos a fornecer ferramentas de acompanhamento de conversões que funcionem perfeitamente em vários canais e se alinhem com qualquer solução de avaliação que o desenvolvedor escolher usar. Por isso, estamos lançando o primeiro acesso a aplicativos Android, uma nova solução de acompanhamento de conversões que avalia quando um usuário abre pela primeira vez um aplicativo depois de clicar em um anúncio e concluir a instalação de um aplicativo Android. Além de fornecer acompanhamento de conversões de aplicativos nas Redes de Pesquisa e Display e no YouTube, essa nova solução também permite que os desenvolvedores alinhem melhor o volume de conversões visualizado no Google AdWords aos dados exibidos em uma solução de avaliação de terceiros. O primeiro acesso a aplicativos é o tipo de conversão padrão em soluções de terceiros. Sendo assim, estamos trabalhando com parceiros importantes, como Tune, AppsFlyer, Kochava, Adjust e Apsalar, para garantir a consistência dos dados e proporcionar aos desenvolvedores a liberdade de usar relatórios e recursos de otimização no Google AdWords e nas soluções de terceiros que desejarem.

Uma forma ainda mais fácil de escalar seus anúncios de instalação do aplicativo nas redes do Google

Em algumas semanas, com as campanhas universais para aplicativos, será ainda mais fácil promover seus aplicativos no Google Play e em todos os Serviços do Google, incluindo: Rede de Pesquisa, YouTube, rede no aplicativo da AdMob e mais de dois mil sites da Rede de Display do Google. Basta nos informar o texto do anúncio, quem você deseja alcançar, seu orçamento e o custo por instalação desejado, e nós fazemos o resto. 

À medida que o ecossistema de aplicativos continua a crescer, nos esforçamos para criar produtos que ajudem os desenvolvedores a levar seus aplicativos a usuários com interesse neles. Esperamos que essas novas ferramentas, incluindo a adição de anúncios da Rede de Pesquisa ao Google Play, o aprimoramento do acompanhamento de conversões para Android e a simplificação do gerenciamento de campanhas com as campanhas universais para aplicativos, combinadas com o guia atualizado de práticas recomendadas, tragam ainda mais sucesso para nossa comunidade de desenvolvedores de aplicativos.


Postado por Surojit Chatterjee, diretor, gerenciamento de produtos, anúncios da Rede de Pesquisa para dispositivos móveis.

Posted:

Antes de começar a ser veiculados, todos os anúncios de AdWords (tanto os de texto quanto os de outros formatos, como imagens e vídeos) passam por uma revisão para que possamos nos certificar de que eles estão de acordo com nossas políticas de publicidade. Após essa revisão, eles podem receber três classificações diferentes: “Indicado para menores”, “Não indicado para menores” ou “Adulto”. Mas qual é a importância desses status? Eles afetam diretamente o local em que os anúncios serão exibidos.


E você sabe como conferir a classificação dos seus anúncios? Basta observar a coluna Status que está localizada na guia Anúncios da sua conta de AdWords. Confira abaixo mais informações sobre cada uma dessas classificações:


Aprovado (Indicado para menores): se o seu anúncio estiver com o status “Aprovado”, isso significa que ele é “Indicado para menores” e que pode ser exibido para qualquer público-alvo.

Aprovado (Não indicado para menores): anúncios com esse status não são indicados para menores. Mas o que pode levar a essa classificação? Anúncios ou sites que promovem conteúdo adulto sem nudez, sem linguagem ou imagens sexuais, ou sem conteúdo explicitamente sexual se enquadram nesse status. IMPORTANTE: anúncios gráficos, em vídeo ou em outros formatos que não sejam de texto não podem ser veiculados se receberem a classificação de “Não indicado para menores”. Já os anúncios de texto com esse status não serão exibidos nos seguintes casos:
  • em websites de parceiros que não aceitam esse tipo de conteúdo
  • para usuários que ativaram o filtro SafeSearch
  • em países nos quais o conteúdo não é permitido

Aprovado (Adulto): quando o anúncio recebe a classificação “Adulto”, significa que o próprio anúncio ou o website que ele promove contém nudez ou referência a atividades sexuais. Assim como no caso da classificação “Não indicado para menores”, também não são permitidos anúncios “Adultos” gráficos, em vídeo ou em outros formatos que não sejam de texto. Veja em quais casos eles não podem ser exibidos:
  • em websites de parceiros que não aceitam esse tipo de conteúdo
  • para usuários que ativaram o filtro SafeSearch
  • para consultas que não são consideradas de natureza "adulta"
  • em países nos quais o conteúdo não é permitido
Há ainda alguns tipos de conteúdo adulto que são proibidos no Google AdWords e não podem ser anunciados em nenhuma ocasião. São eles:
  • conteúdo sexualmente explícito
  • conteúdo relacionado a práticas sexuais não consensuais
  • imagens de abuso sexual infantil
  • atos sexuais em troca de pagamento

Para saber mais sobre a classificação de anúncios, ler detalhes sobre as restrições de países específicos e descobrir o que fazer caso seu anúncio seja reprovado, acesse esta página.


Postado por Viviane Rozolen, especialista em Políticas do AdWords

Posted:
Seu feed de dados é fundamental para promover seus produtos no Google, pois ele permite que você chame a atenção de compradores no Google ao mostrar para eles que você tem exatamente o que procuram. Para ajudar você a atualizar seus anúncios facilmente e a encontrar clientes com rapidez, anunciamos hoje duas melhorias no feed de dados do Google Merchant Center:

       Feeds de inventário de produtos on-line: um novo tipo de feed que permite atualização rápida de preço, disponibilidade e preço na promoção de seus principais produtos. O recurso é mais útil ainda caso esses atributos mudem com frequência.
       Complemento para o Planilhas Google: uma extensão para o Planilhas Google que conecta sua planilha diretamente ao Google Merchant Center para um upload mais rápido e fácil. O recurso é bastante útil para agilizar os processos de anúncios do Shopping.

Se você usa o Planilhas Google ou formatos de arquivo de texto para fazer upload de seus produtos, essas novas melhorias no feed de dados tornam mais fácil e rápido o upload das informações mais atualizadas de seus produtos para o Google Shopping e encontrar mais clientes on-line.

Feeds de inventário de produtos on-line ajudam você a atualizar os principais atributos rapidamente
Se as informações de preço, disponibilidade e preço na promoção de alguns ou todos seus produtos mudam com frequência, os feeds de inventário de produtos on-line são um novo tipo de feed para realizar atualizações rápidas nos atributos desses produtos sem precisar reenviar o feed completo do produto:

       Economize tempo com um processamento de feed ainda mais rápido. Envie novas informações de preço e disponibilidade durante o dia para atualizar esses atributos específicos. Você pode enviar atualizações de um pequeno subconjunto de seus produtos por vez para agilizar o processamento. Caso ocorra algum erro durante o processamento de seu feed de inventário on-line, isso não afetará todo o seu feed de produtos.
       Mostre aos compradores detalhes mais precisos de seus produtos. Quando seu preço ou disponibilidade mudam de uma hora para outra, atualize os itens afetados imediatamente para que as informações mais atualizadas apareçam no Google Shopping.

Para mais informações sobre como começar a usar os feeds de inventário on-line, confira nosso artigo na Central de Ajuda.

Com o complemento do Planilhas Google, valide e faça upload de seu feed diretamente do Planilhas Google

Para varejistas com um inventário menor, o Planilhas Google é uma forma rápida e fácil de começar a usar os anúncios do Shopping. Se você usa o Planilhas Google para fazer upload de seu inventário para o Google Merchant Center, o novo complemento do Planilhas Google simplifica a maneira como você cria, faz upload e valida feeds:

       Valide seus produtos diretamente pelo Planilhas Google. Pela barra lateral no complemento, você pode validar linhas individuais ou sua planilha inteira e ver erros e avisos antes de fazer upload de seu feed de dados.
       Faça upload de seus produtos diretamente pelo Planilhas Google. Pela barra lateral, é possível fazer upload de sua planilha inteira para o Google Merchant Center, sem sair do Planilhas Google. Os resultados de seu envio são exibidos diretamente na barra lateral com feedback imediato sobre o processamento do feed.


Para mais informações sobre como começar a usar o complemento do Planilhas Google, acesse nosso artigo da Central de Ajuda.

Confira essas duas novas melhorias para agilizar os processos no Google Shopping e fazer do mundo sua vitrine.

Postado por Sven Herschel, Gerente de Produto do Google Merchant Center




Posted:
Mesmo com o aumento das telas de smartphones e tablets, pode ser difícil manter a agilidade nos dedos. Ainda é muito fácil clicar quando você deseja deslizar ou tocar em um link ou anúncio por engano. Com relação a cliques em anúncios para dispositivos móveis em várias redes, estudos recentes de terceiros estimam que até 50% dos cliques são acidentais. Para anunciantes, isso pode aumentar artificialmente as taxas de cliques e elevar os custos.

Enquanto continuamos a melhorar nossos formatos de anúncios gráficos para torná-los mais atraentes, nós também nos esforçamos para maximizar a qualidade dos cliques. Em 2012, lançamos os cliques confirmados em anúncios em banner para que os usuários confirmassem se realmente tinham a intenção de clicar em um anúncio. No último ano, expandimos essas iniciativas para fornecer uma maior automação e exigir menos trabalho dos usuários. 

Agora, para tornar a experiência ainda mais agradável, bloqueamos automaticamente cliques em anúncios em várias situações que costumam resultar em cliques acidentais. 
Veja três atualizações que fizemos: 

  1. Bloqueio de cliques perto da borda da imagem: em anúncios gráficos para dispositivos móveis, identificamos a borda da imagem como uma área propensa a cliques acidentais quando os usuários tentam clicar ou navegar em conteúdos adjacentes. Agora, os usuários precisam clicar em uma parte mais central da imagem para acessar o website ou aplicativo de um anunciante. 
  2. Bloqueio de cliques no ícone do aplicativo: em anúncios intersticiais no aplicativo, não é mais possível clicar no ícone do aplicativo de um anúncio de instalação devido  à sua proximidade com o botão de fechamento do anúncio. Como alternativa, os usuários precisam clicar no botão de call to action para acessar uma página  da loja de aplicativos e instalar o aplicativo.
  3. Adição de um atraso de clique: o clique nos anúncios só é permitido depois que eles aparecem na tela por um curto período. Dessa forma, os usuários têm tempo suficiente para analisar o conteúdo do anúncio, e é possível eliminar cliques acidentais de usuários que não esperavam ver um anúncio.



À esquerda: a borda externa do anúncio gráfico para dispositivos móveis não é clicável
À direita: o ícone do aplicativo no anúncio intersticial no aplicativo não é clicável


Uma experiência melhor para usuários e anunciantes

Essas melhorias recentes na qualidade dos cliques otimizam a experiência do usuário, pois o mantêm no website ou aplicativo desejado e não o direcionam involuntariamente para outra página. Elas também beneficiam os anunciantes com a redução de custos de cliques acidentais e o aumento das taxas de conversão. Até agora, observamos um aumento médio na taxa de conversão de 15% em anúncios gráficos com a promoção de cliques mais qualificados devido 
a essas atualizações. 

No longo prazo, os anunciantes podem melhorar ainda mais o desempenho reinvestindo o gasto economizado com cliques acidentais nas suas campanhas da Rede de Display.  Para saber mais sobre as campanhas e formatos de anúncio da Rede de Display, acesse a Central de Ajuda e leia mais sobre as práticas recomendadas, bem como as políticas de canal de anúncios mais recentes para aplicativos e websites com o objetivo de maximizar a qualidade dos cliques. 

Postado pela Equipe do Google AdWords

Posted:
Em nossa série de posts sobre políticas, já falamos sobre requisitos editoriais para anúncios de texto, problemas com as páginas de destino dos anúncios, regras para anúncios em dispositivos móveis e conteúdo não suportado. Hoje vamos tratar das políticas sobre produtos ou serviços perigosos.

Queremos manter as pessoas seguras online e offline, por isso não permitimos a veiculação de anúncios que promovam produtos ou serviços que possam causar danos, prejuízos ou ferimentos. Vamos ver agora quais são as principais categorias que monitoramos:

Explosivos: são produtos criados para gerar explosões e que podem causar danos a pessoas e propriedades. Atenção: fogos de artifício também fazem parte desta categoria. Além disso, também não são permitidos anúncios de materiais didáticos que expliquem, por exemplo, como fabricar bombas.

Armas e peças: dispositivos funcionais que parecem deflagrar um projétil com alta velocidade, seja para esporte, autodefesa ou combate. Armas voltadas para atividades recreativas que possam causar sérios danos se usadas incorretamente, ou então que se pareçam com armas de verdade também são monitoradas por essa política. Podemos citar como exemplos: revólveres, rifles, espingardas, armas antigas que ainda funcionam, além de armas de airsoft e armas de paintball.
Peças ou componentes que são necessários para o funcionamento de uma arma ou que funcionam como acessórios também não são permitidos. Lunetas e munição se encaixam nessa categoria.
Facas perigosas: monitoramos facas criadas ou promovidas como produtos que podem ser usados para ferir um oponente no esporte, em autodefesa ou em combate. Exemplos: canivetes, facas táticas, espadas disfarçadas, adagas, machadinhas, entre outros.
Outras armas: produtos criados para machucar um oponente no esporte, em autodefesa ou em combate não são permitidos, como estrelas ninja e soco inglês.
Drogas recreativas e aparelhos relacionados ao uso de drogas: não é permitida a promoção de substâncias que alteram o estado mental para fins recreativos ou que induzem estados alucinógenos, como cocaína, maconha, metanfetamina, entre outros. Produtos ou serviços que facilitam o uso recreativo de drogas (cachimbos, por exemplo), assim como sites que apresentam conteúdo com instruções sobre produção, compra ou uso de drogas também não podem ser anunciados no AdWords.
Produtos de tabaco e equipamentos relacionados: tabaco ou quaisquer produtos que contenham tabaco não podem ser anunciados no AdWords, como cigarros, charutos, tabaco mastigável ou para enrolar. Produtos criados para simular o ato de fumar tabaco, como cigarros de ervas ou cigarros eletrônicos também são monitorados por essa política. Por último, produtos que são parte integrante de um produto de tabaco, como papel para enrolar e cachimbos, assim como produtos e serviços que facilitam ou promovem seu consumo, como locais para consumo de charutos, também não são permitidos pelas nossas políticas.
Acesse esta página para saber o que fazer caso seus anúncios sejam reprovados por causa das políticas de produtos ou serviços perigosos. Se o seu site for amplamente dedicado a algum desses conteúdos, você não poderá anunciar conosco.  
Até o próximo mês!
Postado por Viviane Rozolen, especialista em Políticas do AdWords